Boas Práticas

CaixaResearch Institute, um novo centro de investigação em Saúde e Ciências da Vida

A Fundação ”la Caixa” promove a criação de um novo centro de investigação dedicado às Ciências da Vida e à Saúde, cuja atividade girará à volta de três objetivos estratégicos principais: excelência internacional, forte apoio à inovação e à transferência, e aproximação entre Ciência e sociedade. 

 

Dados básicos
 

  • Âmbito geográfico: Portugal e Espanha, Europa, internacional.
     
  • Fontes: Fundação ”la Caixa”.

1. Contexto

A Fundação ”la Caixa” apoia, há mais de cem anos, a investigação biomédica e sanitária como pilar de uma atividade filantrópica que procura alcançar o bem-estar social. Com o objetivo de abordar as novas tendências que afetam o campo da investigação biomédica e fortalecer o seu compromisso com a investigação de maior impacto social, a Fundação ”la Caixa” lança um novo projeto transformador com a criação do CaixaResearch Institute.

2. Debate

O CaixaResearch Institute irá desenvolver-se progressivamente nos próximos quatro anos. Ficará fisicamente localizado em Barcelona, irá contar com uma superfície de mais de doze mil metros quadrados e alojará mais de trezentos investigadores. Irá acolher laboratórios e equipamentos de excelência, o que permitirá reter o talento científico local e atrair talento internacional. O investimento que a Fundação ”la Caixa” prevê destinar à construção do novo edifício e para o respetivo equipamento é de cerca de 6 milhões de euros.

O novo instituto nasce como um catalisador integrado na cadeia de valor já existente com uma forte vocação translacional. A atividade de investigação centrar-se-á nas doenças infecciosas, saúde global, oncologia, doenças neurodegenerativas e neurociências, procurando complementaridades e sinergias com os centros de investigação com os quais atualmente mantém uma colaboração estratégica. Concretamente, juntam-se à iniciativa quatro centros de investigação, que se denominarão CaixaResearch Associated Centres: o Instituto de Saúde Global de Barcelona (ISGlobal), o Instituto de Investigação da Sida (IrsiCaixa), o Vall d’Hebron Instituto de Oncologia (VHIO) e o BarcelonaBeta Brain Research Centre (BBRC).

O CaixaResearch Institute será construído nos terrenos adjacentes ao Museu de Ciência CosmoCaixa, constituindo um campus científico que aliará a investigação de excelência internacional à experiência na aproximação entre Ciência e sociedade de um dos melhores museus de Ciência da Europa. Em consonância com as boas práticas de centros de excelência, o CaixaResearch Institute desenvolverá esforços para promover uma cultura de investigação que potencie a integridade científica, a investigação e a inovação responsáveis, e a Ciência aberta, assim como políticas de igualdade, novos modelos de avaliação científica, a avaliação do impacto social da investigação e a acessibilidade dos resultados. 

3. Conclusões

O novo centro consolida e potencia o apoio da Fundação ”la Caixa” à investigação e à inovação de ponta. O programa de Investigação e Saúde da Fundação ”la Caixa” é um dos mais importantes da Europa entre os programas desenvolvidos por entidades filantrópicas, tendo no ano passado destinado 66 milhões de euros a programas de investigação e saúde. Entre eles, destacam-se, além das colaborações estratégicas com centros de vanguarda, os concursos de investigação em saúde, o fomento da transferência de conhecimento e a criação de novas empresas biomédicas através de concursos específicos de inovação. 

Classificação

Etiquetas

Temáticas

Conteúdos relacionados

El aburrimiento, por Josefa Ros

Josefa Ros, filósofa e investigadora en la Universidad Complutense de Madrid, nos desvela conocimientos relevantes sobre una experiencia que todo el mundo ha vivido: el aburrimiento.

¿Afectan el género, la experiencia y la carga de trabajo en las decisiones judiciales sobre violencia de género?

¿Jueces y juezas son igual de proclives a conceder órdenes de alejamiento en casos de violencia de género? Según este estudio, el género por sí solo no es determinante, pero sí es un factor clave unido a la experiencia y al volumen de casos.

Social Research Call

Concursos Flash

El café del observatorio

Também pode ser do seu interesse

Porcentaje de personas que se sitúan por encima de sus padres o abuelos en la escala social

Porcentaje de personas que se sitúan por encima de sus padres o abuelos en la escala social


El 29 % de los españoles se sitúan socialmente por encima de sus padres y más del 40 % opinan que han ascendido en la escala social respecto a sus abuelos.

Número de generaciones necesarias para que los nacidos en familias de bajos ingresos puedan aproximarse al nivel medio de ingresos en su sociedad

Número de generaciones necesarias para que los nacidos en familias de bajos ingresos puedan aproximarse al nivel medio de ingresos en su sociedad


Según este indicador, en España son necesarias 4 generaciones para mejorar los ingresos de una familia con una economía precaria.

Tasa de fecundidad

Tasa de fecundidad


La tasa de fecundidad de las mujeres en España es de 1,23 hijos por mujer, el segundo país de la Unión Europea con la tasa más baja.